COLORFUL SUNDAY

É uma mostra de trabalhos artísticos e tem curadoria de Kellen Acocoré.

 

A exposição conta com mais de 20 obras de diferentes linguagens, busca o conhecimento das conexões existenciais no inconsciente coletivo, trazendo-os para outro plano e tempo, o aqui e agora, o tempo do mercado, o tempo em que estamos imersos.

 

Para abrigar a exposição foi vislumbrado um espaço fora do convencional que pudesse sustentar todas as características de COLORFUL SUNDAY e trazer a tona o que queremos falar. O lugar escolhido foi, onde hoje a vida e a arte se entrelaçam, se confundem e se fundem.

 

As obras vão desde um projeto para medir acontecimentos, um buraco na calça até um ovo cabeludo, traz a ideia de vazamento, transbordamento dos limites desse domínio. Utilizando desse meio, OLX - OnLine Exchange, espaço monopolizado e dominado pelo capital. COLORFUL SUNDAY surge para questionar o mercado da arte, o lugar da arte e do próprio artista.

 

Esse vazamento carrega o sentido de fuga, desvio, brecha, de ir no fluxo, e encontrar dentro desse fluxo outros caminhos, outros buracos, frestas e por elas vazar, escorrer, pingar, nem que seja por alguns instantes, pois não se vaza por muito tempo nos dias de hoje.

 

Nem tudo que foi escolhido para compor a exposição, pôde entrar no espaço expositivo, foram varias tentativas, caídas, bloqueios. Persistimos, pois no processo entendemos que existe uma linha tênue entre aceitar as regras e lidar com as regras. Nós optamos por jogar o jogo, por entrar no fluxo e construir de dentro as relações, estamos experimentando o mercado e dele fazendo uma brincadeira, para assim movermo-nos criando contra-fluxos nos processos mercadológicos.

 

O processo de montagem foi um trabalho de libertação e despossessão, optamos por não dar nome a cada artista, é um trabalho em conjunto. É um todo junto, então trabalhamos nos fluxos do convívio, da conversa, da escuta, da vida. Fizemos laços, abraços, risadas, na troca, nas diferenças entendemos que somos mais potentes cuidadosamente juntos. Criamos a partir da pronóia, estamos em constante construção e experimentação, não projetamos um futuro, experienciamos entre- tempos e a vida.

 

Kellen é certamente uma curadora do nosso tempo, onde o ato de comprar é prioridade e interesses culturais podem apresentam-se como consumo vinculado a curadoria, época em que museus e feiras de artes estão gozando e brindando por serem penetrados pela indústria cultural, enquanto muitos artistas que lá se encontram trabalham para pagar uma conta. Tempos de invisibilidade, de esquecimento, de obsolescência, de pura crueldade, de violência e de brutalismo.

 

Kellen é um Algoritmo que classifica e ordena onde os trabalhos devem estar a partir de um ranking de vendas.

 

Em tempo de pensar em coletivo, COLORFUL SUNDAY experimenta brincar com os carrinhos de compras virtuais, correndo entre as prateleiras de cliques e gritando pelos cabos de fibra óptica:

 

Coletivemo-nos! Criativemo-nos! Coletivemo-nos!

Clique na imagem  para exposição
WhatsApp Image 2021-12-16 at 17.22.54.jpeg